top of page

Colunista

Aurélio de Odé.jpg

AURÉLIO DE ODÉ | babalorixá

Eu sou Paulo Aurélio Carvalho Lopes, nasci em 12 de agosto de 1968, em Simões, Piauí. Sou o primogênito de uma família de seis irmãos, criado por minha mãe solo, Maria do Socorro Carvalho e o apoio de meus avós Dona Maria e Seu José.


Desde cedo, desenvolvi um forte interesse pela proteção do meio ambiente, o que me levou a ingressar na Polícia Militar do Distrito Federal, onde me especializei na área ambiental.


Além da minha carreira na polícia, sou apaixonado por desempenhar e  ensinar a taxidermia animal, com foco especial em animais silvestres. Também sou autor de dois livros: "O Sagrado Está em Mim: Uma Experiência mística Ancestral" e co-autor de "O Poder das Folhas Sagradas".


Atualmente, estou cursando graduação em gestão pública e sou honrado como Comendador pela Academia Planaltinense de Letras, Artes e Ciências (APLAC).
Sou um artista plástico com inumeras obras expostas na comunidade tradicional Ilê Odé Axé Opô Inle, comprometido com a luta antirracista e engajado em diversas causas sociais. Recebi reconhecimento por minha dedicação à preservação das tradições de matriz africana, incluindo o Prêmio Cultura Afro-Brasileira pelo FAC em 2018, outorgado pela resistência na manutenção das tradições de matriz africana pela Câmara dos Deputados no dia 2 de outubro de 2015.


Coordenador de ancestralidade do Forum  Nacional  de soberania alimentar e Nutricional dos Povos tradicionais de matriz africana-fonsanpotma Nacional e coordenador administrativo no FONSANPOTMA DF,membro do Forum permanente afro-religioso de Brasília e entorno FOAFRO.


Recebeu o prêmio ÀJÒDUM pelo desempenho como autoridade dos povos  tradicionais de matriz africana, Honra ao mérito pela rede internacional e proteção a vítima Laço branco. Na Tradição religiosa, sou Babá Aurélio de Odé, iniciado pelo saudoso Pai Antônio de Oxóssi, conclui minhas obrigações com pai Raimundo de Oxum, Oxum nidé, Avó: Iyá Railda Rocha Pitta, Oxum Lade. Bisavó: Agripina de Aganjú(inmemorian), Trisavó: Ana Eugenia dos Santos: Obá Biyi(in memorian), Tetravó: Marcelina da silva - Obá Tosi(in memorian).

 

Atualmente, exerço o cargo de Babalorixá, autoridade tradicional na Comunidade Tradicional Territorial ILÊ ODÉ AXÉ OPÓ INLE, além de desempenhar papéis de coordenação executiva e conselheiro fiscal no Instituto Matriz.

Conteúdo recente

A Importância de não abandonar o Candomblé: Compromisso com a Ancestralidade e Lealdade aos Orixás

feira.jpg

Conteúdos anteriores

feira.jpg

A Importância de não abandonar o Candomblé: Compromisso com a Ancestralidade e Lealdade aos Orixás

feira.jpg

Transexualidade no Candomblé: adaptação e aceitação em uma religião ancestral

feira.jpg

Conteúdo - indisponível

Contatos do Babalorixá Aurélio de Odé

Telefone: 61 98456-3174

 

Site: https://ileodeaxeopoinle.wixsite.com/ileode

Redes Sociais:

  • Instagram
bottom of page