top of page

Teatro I do Sesc Tijuca receberá o espetáculo infantil 'ERÊ', no próximo dia 29 de julho. Saiba mais

Baseado no livro homônimo de Jaciana Melquiades e Leandro Melquiades

16/07/2023 | 17:05


No próximo dia 29 de julho, o Teatro I do Sesc Tijuca receberá o espetáculo infantil ERÊ, baseado no livro homônimo de Jaciana Melquiades e Leandro Melquiades. Direção de Luiza Loroza e atuação de Júnior Dantas, a produção geral de Júlio Luz, da produtora Lamparina Produções Culturais.




Publicada em 2014, a obra narra as experiências de uma criança “esperta, criativa, inventiva e curiosa”, que estabelece uma conexão profunda com sua ancestralidade negra através do conhecimento das pinturas corporais das etnias africanas. Ao longo da história, o protagonista adquire esse conhecimento e se envolve com sua própria história e cultura.


A palavra “ERÊ” tem origem no idioma iorubá e significa “brincar”. No ritual do Candomblé, o ERÊ surge após o transe do Orixá, estabelecendo a ligação entre o iniciado e a Divindade. ERÊ não é uma pessoa, mas uma manifestação de liberdade, leveza, alegria e vulnerabilidade, encontrada no ponto de equilíbrio entre a consciência humana e a inconsciência do Orixá.


O personagem Erê é um menino falante, vigilante e cheio de ideias e reflexões, que estabelece diálogo com o público, compartilhando seus pensamentos mais elaborados e apresentando conhecimentos sobre aspectos das culturas africanas, utilizando a pintura corporal como meio de expressão. Em interação direta com a plateia, que é um personagem em sua imaginação, ele questiona padrões existentes na sociedade, utiliza sua criatividade para se conectar com sua ancestralidade e recebe ajuda de personagens inesperados, repletos de referências afro centradas, em sua jornada.


A estreia de ERÊ promete encantar crianças e adultos, proporcionando uma vivência na cultura africana e estimulando reflexões sobre identidade, ancestralidade e diversidade.


Luiza Loroza – Direção

Destaque especial para atuação em “JACKSONS DO PANDEIRO – O MUSICAL”, da barca dos corações partidos e direção de Duda Maia. Como diretora assistente em “Zaquim”, e na remontagem de Auê em 2022. Dirigiu o espetáculo “Yabá – Mulheres Negras”, e “O Pequeno Herói Preto”.

Venceu o prêmio de melhor atriz no 9° Festu, com o solo “mar seco que terra molhada”.


Junior Dantas – Ator

Integrante da Cia OMONDÉ. É ator, autor e idealizador dos espetáculos “O Pequeno Príncipe Preto”, “O Pequeno Herói Preto” e do projeto “Contos do Príncipe”.


Ficha Técnica

  • Texto: Jaciana Melquiades e Leandro Melquiades

  • Direção: Luiza Loroza

  • Diretora Assistente: Estela Silva

  • Elenco: Junior Dantas

  • Cenografia: Reinaldo Patrício

  • Figurinista: Wanderley Gomes

  • Iluminação: Adriana Ortiz

  • Direção Musical e Trilha Sonora: Lucas dos Prazeres e João Loroza

  • Programação Visual: Josué Ribeiro

  • Produção: Eliano Lettieri, Júlio Luz e Leandro Melquiades

  • Assessoria de Imprensa: Júlio Luz – 21 981279366

  • Realização: Lamparina Produções Culturais

  • Idealização: Era uma vez o mundo

Serviço

  • Teatro I – Sesc Tijuca

  • Barão de Mesquita, 539 – Tijuca

  • Informações: (21) 4020-2101

  • Temporada: 29 de julho a 13 de agosto de 2023.

  • Sábados e domingo, 11h e 16h

  • Duração: 50 minutos

  • Ingressos: R$ 10,00 / R$ 5,00 / R$ 2,00 (credencial plena)

  • Classificação etária: livre (criança a partir 02 anos)

  • Capacidade: 228 lugares




🔻 Este conteúdo gerou valor para você?

Apoie o nosso jornalismo livre, independente e de qualidade.

Com sua contribuição, você nos ajuda a fortalecer nossa plataforma que é totalmente comprometida com as nossas comunidades de terreiro.



Comments


logo1.jpg
  • Instagram

Notícias e conteúdos do Axé

bottom of page