top of page

O tabu da mediunidade inconsciente

Por: Mãe Emmanuelle

18/06/2023 | 20:23


'Eu incorporo o caboclo e vou pro lugar dele na floresta, e ele vem pro meu lugar'

'Eu incorporo preto velho e só vejo uma escuridão como se eu estivesse dormindo'

'Eu não tenho culpa do que minha pombagira fez, pois sou inconsciente'




Estamos em 2023 e inconsciência não deveria mais ser um tabu - e ter um determinado grau de consciência durante o transe, não deveria ser motivo de vergonha.

Vergonha é você dizer que é inconsciente e tirar proveito disso para fazer o que quiser dentro do terreiro.

Vergonha é virar com Exu, encher a cara de cachaça e depois ficar cantando as pessoas no terreiro dizer que não lembra porque é inconsciente.

Vergonha é um lider religioso se utilizar da dita ' inconsciência' para manipular e coagir o corpo mediunico.

Assumir que há uma parcela do que você é, no transe mediúnico, não é vergonha... é assumir sua responsabilidade no trabalho desenvolvido, ao invés de botar tudo por conta do guia.

Muitos médiuns tem medo de incoporar porque na verdade achavam que o guia ia apagar a consciencia dele por completo, e após incorporar, descobre que não apagou porcaria nenhuma.

A partir dai, começa a achar que ou o erro está com ele ou que a maioria que fala que apaga está apenas reproduzindo a cultura de que para atestar que está com santo tem que ser inconsciente.


'Ahhh Mãe Manu, você então esta afirmando que não existe medium inconsciente?'

Acredito que já existiu lá atrás quando a religião estava sendo pré-formulada, muito antes da proclamação do caboclo 7 encruzilhadas. Em 2023, tenho minhas dúvidas, e guardo a ciência de que caso existam ainda, são raríssimos.


Acredito sim, numa sintonia espiritual profunda, numa afinidade com determinados guias, que vão se estreitando ao longo do tempo e do desenvolvimento, que fazem com que no processo do desacoplar as energias pós trabalho, nos dê um certo 'apagão', porém no período da incorporação você sabia que estava ali.

O que acontece é que quase ninguem tem coragem de falar sobre isso, expor isso, principalmente os sacerdotes,pois acham que perderão sua credibilidade.


As pessoas acham que o fato de não lembrar de nada é que atesta que esta mediunidade é inconsciente... e não é. Conforme seu tempo de desenvolvimento, sintonia energetica determinada entidade, facilidade em se concentrar, sua incorporação passa a ter menos da sua consciência, mais da consciência da entidade e você se lembrará cada vez menos do que houve, ou se lembrará apenas do que sua entidade queria que você lembrasse.


Ser inconsciente é não ter interferência do médium em nada da incorporação, o que notadamente é complicado, pois quantas vezes uma entidade se utiliza de uma palavra e/ou conhecimento do médium? O jeito de sorrir? Jeito de olhar?


Outro fato que devemos observar é que se durante a incorporaçao o médium for inconsciente, o espírito do medium estará numa espécia de ' mimindo soninho', e somente a entidade tem atividade naquele corpo, sem nenhuma interferência...

Logo essa entidade deveria acertar coisas indecifráveis ouuuu, se essa pessoa incorporar um obsessor, imagina o estrago. Ela poderia até se matar, ja que não tem controle algum do corpo.


Então a única comprovação que temos que determinado médium é inconsciente é ele dizendo que não se lembra de nada.

A questão é que até para o plano espiritual mediuns inconscientes dão muito trabalho, ja que todo o desgaste energético e de consciência seria praticamente intregral do Espírito, e caso este medium passe por um momento de desequilíbrio, pode acontecer um processo seríssimo de obsessão, a subjugação corporal ( possessão).


E do outro lado temos os mediuns conscientes, que tem o domínio da incorporação, apesar de sentirem a vibração daquela entidade. Neste tipo de mediunidade o animismo é muito comum e é a dificuldade de tais médiuns.


O médium está consciente em todo processo de incorporação, sentem a irradiação daquela entidade, capta o pensamento, as idéias daquele espirito e aos poucos vai transmitindo o que aquela entidade quer dizer. Por estar consciente, o médium pode interferir com maior facilidade na comunicação.


E o que comprova que o médium está trabalhando bem?


SUA CONDUTA MORAL. SEU CARÁTER.


Não adianta 💕


Com amor,




Mãe Emanuelle - AxéNews

Mãe Emmanuelle Andrade

Emmanuelle Andrade é Sacerdotisa de Umbanda na Tenda Espiritualista Nossa Senhora de Fátima, Terapeuta Holistica, Condutora do círculo de Sagrado Feminino Roda das Marias, Oraculista e facilitadora de cursos de cultura Cigana e Afro Brasileira.



Redes Sociais de Mãe Emmanuelle Andrade

Comments


logo1.jpg
  • Instagram

Notícias e conteúdos do Axé

bottom of page