top of page

O que somos dentro da religiosidade

Por: Mãe Celina de Xangô

Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

05/03/2024 | 14:47


Em tempos de tanta grandeza temos de ter cuidados em saber o que somos dentro da religiosidade. Temos que entender que estamos emprestando nosso corpo para que as entidades e orixás nos use para servi-los.


Com isso, aprendemos também que somos escolhidos pelos orixás, inkices e vodos para que possamos orientar a quem precisa. Vejo que dessa forma, então, não precisa entrar em disputa de vaidade, quando somos escolhidos, o orixá nos aponta pelo que somos e pela capacidade que possamos ter como cuidar de quem precisa!




Então, está na hora de pararmos, e ficarmos atentos aos sinais de que a nossa religião é rica em energias e ensinamentos para que a gente não se perca com com coisas e situações desnecessárias. Precisamos ter orí equilibrado para pisarmos em terra firme!!!!


Penso que a fé e o respeito podem nos trazer leveza e paz.




Mãe Celina de Xangô - AxéNews

Mãe Celina de Xangô

Mãe Celina de Xangô é gestora do Centro Cultural Pequena África há treze anos. Durante os anos de 2011 e 2012, foi convidada pelo Departamento de Arqueologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, através da professora Tânia Andrade Lima, a participar do reconhecimento de objetos africanos encontrados nas escavações do Cais do Valongo. [+ informações de Mãe Celina de Xangô]


Rede Social de Mãe Celina de Xangô:

Comentarios


bottom of page