top of page

Implementar a Lei 10.639 é garantir o direito ao acesso à história

Por: Babalorisa Carlinhos de Osala

Foto: Sumaia Vilela | Agência Brasil

25/02/2024 | 06:28


Começarei a coluna falando de um assunto muito importante e cada vez mais está aumentando: O racismo religioso. Cada vez se fortalece com intervenções de políticos protestantes.





No fim do mês passado, um Colégio Estadual, seguindo a Lei 10.639, fez atividades com as crianças com toques de atabaques, danças, desenhos e confecção de boneca Abayomi. Seria tudo maravilhoso, mas um deputado pegou as imagens das atividades, editou com figuras de fogo e coisas macabras, propagando um discurso inflamando aos responsáveis se queriam que seus filhos aprendessem a cultuar demônio na escola. E quando os filhos estivessem possuídos, não reclamasse, pois é isso que querem colocar como ensino nas escolas.


Isso é simplesmente doentio, porque só estava fazendo valer a lei. Os atabaques foram para terem contato com a percussão, os instrumentos usados pelos negros para a dança e espiritualidade deles, as saias para a dança, também usadas na alegria com os sambas de roda, para saudar seus ancestrais e Orisas. E a tal "boneca vudu", que já adianto não ser de Candomblé e sim cultos do Haiti. Era simplesmente a Abayomi, boneca feita por negras escravas quando vinham nos navios negreiros para o Brasil com seus filhos, que rasgavam um pedaço de suas vestes, quando seriam separadas de seus filhos e faziam a boneca. Essa ficaria com a criança com seu cheiro e para que ela nunca se esquecesse da sua mãe. Essa é resumidamente a história que eles querem transformar em "boneca de vudu".


Temos que lutar para que a lei 10.639 seja realmente cumprida nas escolas e evitar que esses políticos protestantes e ignorantes não continuem demonizando nossos ancestrais. Não margilanize nossas crianças, homem ou mulher pela cor de sua pele.




Carlinhos de Osala - AxéNews

Babalorisa Carlinhos de Osala

Sou Babalorisa Carlinhos de Osala ,fui iniciado a 32 anos atrás para Osoguian no Ile Asé Omin Lokum , Mesquita. Pelas mãos do meu Babalorisa Odilon de Sango, ele era o primeiro Ayra iniciado pela Iyalorisa Regina de Bangbose no Ile Asé Iyami em Cavalcante... [+ informações de Carlinhos de Osala



Rede Social do Babalorisa Carlinhos de Osala:


Telefones: 21 35899054 | 21 994155197

Comentarios


logo1.jpg
  • Instagram

Notícias e conteúdos do Axé

bottom of page