top of page

Edital incentiva projetos que atuam pela valorização das pessoas idosas em comunidades tradicionais

A previsão é de que sejam selecionadas até seis propostas

21/02/2024 | 14:02


O Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), por meio da Secretaria Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, ampliou a seleção de projetos que atuam pela valorização das pessoas idosas em comunidades tradicionais



A previsão é de que sejam selecionadas até seis propostas ligadas aos eixos de cultura e economia sustentável até o dia 17 de março. Segundo a pasta, o edital anterior que pautava o projeto foi revogado para expandir o número de vagas.


Conforme o novo edital, os projetos que promovem tecnologias sustentáveis e valorizem os recursos naturais locais, assim como os conhecimentos das pessoas idosas de Povos e Comunidades Tradicionais, podem ser apoiados no campo da economia sustentável.

As propostas podem incluir a criação de espaços para impulsionar a economia sustentável, nos quais pessoas idosas participem, e projetos autossustentáveis que utilizem recursos naturais de forma responsável. Isso visa evitar danos ao meio ambiente e respeitar a reposição dos recursos renováveis nos territórios tradicionais.


Já na área cultural, os projetos devem promover e valorizar a memória, oralidade e ancestralidade de pessoas idosas de povos e comunidades tradicionais. 

Nesse âmbito podem ser inscritos os projetos que trabalhem com registro, manutenção e promoção da cultura por meio de livros, produtos audiovisuais, oficinas de capacitação e de divulgação de tradições e exposições. 


Iniciativas vinculadas a temas como artesanato, música, lazer, culinária e práticas tradicionais de saúde (parteiras, benzedeiras, erveiras, rezadeiras) também serão aceitas. 

O valor de referência para as propostas é de até R$ 150 mil. Após a seleção, as entidades devem assinar um termo de fomento junto ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania. O resultado será publicado até 15 de abril.


Para acessar o edital, clique aqui



Comentarios


logo1.jpg
  • Instagram

Notícias e conteúdos do Axé

bottom of page